31/01/2013

Tilda - Parte 3

Oie!!!

Vou antecipar uma parte do post parte 3 sobre Tildas!!!
Antes, como sempre, alguns comentários.....

Quando a gente decide que vai fazer uma Tilda, ao menos para mim, acho que é um processo. Não é apenas pegar um tecido qualquer e passar o molde, costurar, recortar, encher e fechar. Costurar as roupas de qualquer cor, sem combinar, fazer assim, de qualquer jeito, uns penduricalhos aqui, enfeites ali, e pronto. Feito. Nasce uma tilda. Não..... você não esta fazendo isso direito......
Tilda é delicada. É forte. Se ela tivesse boca gritaria quando visse o que andam fazendo por ai....

A beleza dela esta justamente na exclusividade, no carinho com que ela é feita. Em descobrir como ela é feita para chegar no ponto de ser admirada.

Essa minha tentativa abaixo, foi um processo de aprendizado. Hoje elas ficam bem melhores....

By Bea

Confesso: ela não é vendável. Ela vende a beleza dos livros, dos tecidos, mas ela por si, não se vende tão fácil. Ao menos não por essas bandas. E por que? Por que ela é assim, não se compra Tilda como se compra feijão e arroz. É cara. Caríssima por demais as vezes. Não que ela não valha, mas, é demasiado caro quando o acabamento tbm não ajuda. E quando as pessoas não entendem o quanto vale um trabalho bem feito, não pagam o preço.

Por outro lado ela se dá. Ela é um presente. Ela é um achado. De tão bonita, quando bem feita, é produto para admiradores. Para ficar ali, pendurada com suas belas asinhas brancas. Seus belos vestidos de poá branco e vermelho ou com sua calça jardineira.

By Bea
E quanto mais você fizer, mais perfeitas elas ficarão. Então não tenha receio de errar e recomeçar tantas quantas vezes for necessário. Se não tentar não vais saber.

Temos algumas Tildas bem estilizadas rodando por esse mundo, e algumas valem a pena. Outras não passam de uma vaga lembrança do que deveria ser uma Tilda. As tildas estilizadas da Agata, são lindas. Diferentes. Mas elas tem um contexto. O que faz a diferença é o tema em que elas estão inseridas. Tem longos cabelos trançados, roupas de tricô. Asas enormes. E meias!! De todos os tipos! E sempre pode-se pegar, levar por ai. Vale a visita ao blog.


No blog da Angel Atelier, as tildas tem um traço delicado, fino, de tecidos em tons pastel, quase apagados, mas que trazem um ar de delicadeza e leveza a essas belas bonecas. Uma mistura de tricô, tecidos de boa qualidade, enchimento perfeito, detalhes quase imperceptíveis, e o melhor de tudo: Acabamento perfeito. Sem contar os cabelos meticulosamente arranjados em coques laterais. Louros. Uma boneca perfeita. No estilo Le Mondes Des Créations.... Tudo é uma questão de estilo. E de bom gosto.


As vezes eu acho que as meninas querem economizar no enchimento. Outras vezes, não tem a noção correta de como combinar os tecidos, as cores. Não que isso seja errado, mas ficar berrante demais não é a proposta.

Eu não sou expert em Tilda, faço as minhas do jeito que aprendi. E tento repassar esse pouco que sei, nas aulas lá no Cantinho, e aqui no blog. Mas visualmente, a gente reconhece o que é bonito. E bom.

Hoje, vou comentar apenas um dos passos. A tilda que tem o corpo + roupa, numa única costura.

O que parece? Olhando assim, o chapéu esta preso a cabeça. Não. O próprio chapéu é a cabeça, e vice-versa.



O processo é simples.
Costure dois tecidos formando um só, o do corpo e o da parte da roupa, (nesse caso o chapéu) e depois passe o molde.


Aqui a parte do tecido cor da pele será a cabeça, e a parte colorida, será parte do vestido.



Depois só virar direito com direito e passar o molde. A linha pontilhada é a marca onde ficará a costura dos tecidos.







Como já havia comentado nas outras postagens, pontos pequenos e corte rente á costura, com tesoura de picote. Evita problemas no enchimento.


É fácil de fazer e o efeito é muito bonito quando os tecido são bem combinados.

Aqui, o cabelo esconde a emenda, fazendo parecer que o chapéu é feito separado.



Esse é o resultado. Um vestido de mangas e corpo. A saia sobrepondo o corpo, e pernas com uma calça justa. 

Por hoje é isso, preciso tirar algumas fotografias de passo a passo, para ir explicando, e para o próximo post preciso montar uma tilda, e explicar o fechamento das pernas e braços!

E com grandes abraços eu me despeço de vcs!!!

Beijocas!!


16 comentários:

  1. Belíssimo Bea, super bem explicado!!!!Bjokas!!!

    ResponderExcluir
  2. Ameiiii e e estou aprendendo muito com os pequenos detalhes e dicas bjs

    ResponderExcluir
  3. Beatriz, concordo com vc em gênero, número e grau.
    Geralmente antes de fazer uma tilda, sento-me rodeada de tecidos e vou olhando pra ver qual as melhores combinações... daí vejo quais os acessórios que combinam: botões, fitas, rendas, flores... Elas são fofas e delicadas então escolher bem o que usar faz toda a diferença!
    Aqui onde moro as pessoas têm dificuldade de apreciar artesanato, reclamam de valores mas esquecem que se trata de um produto artesanal e exclusivo, pois até hj nunca fiz 2 tildas iguais, rs. Mas em compensação que compra se apaixona e recomenda, esse é o melhor retorno.
    Parabéns mais uma vez pela excelente postagem, bjo pra vc!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog, as postagem são ótimas e as explicações perfeitas. Infelizmente tem muita falsa tilda por aí, tem algumas que dá até medo. As Tildas precisam ser feitas com amor, dedicação. Levo dias fazendo uma Tilda, é todo um processo desde a escolha do modelo até o perfume de tecido.

    Beijosss

    ResponderExcluir
  5. mto obrigado por partilhar estes pensamentos e ensinamentos com a gente....esta conversa esta boa demais....e concordo...as pessoas não valorizam porque não conhecem e tem mtos detalhes q fazemos a mão....e nós temos q valorizar o nosso trabalho...só assim vamos ser reconhecidas pela arte q fazemos

    ResponderExcluir
  6. Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!!!!!!!!11

    ResponderExcluir
  7. Parabéns, Beatriz! Uma graça seu blog, conheci seu blog através da Vanessa Maurer, continue assim!
    Raquel Piemonte.
    www.sewing-with-love.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá Beatriz! Cheguei no seu blog através de um link no grupo do Clubinho da Costura no facebook. Tem muito tempo que quero fazer uma Tilda. Mas lendo seu post descobri porque ainda não fiz. Quero escolher os tecidos com calma, não fazer de qualquer jeito só por fazer. Aqui onde moro não tem muitas opções para comprar tecido mas agora já tenho o algodão e já posso me aventurar por este mundo. rsrs. Vou voltar muitas vezes aqui para aprender direitinho. Amei seu blog.
    Bjs.

    Jussara
    http://caminhandonaarte.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jussara!! Seja bem vinda, e tendo alguma dúvida, pode me enviar uma e-mail para beatriz.deves@live.com!! Beijos

      Excluir
  9. Ola tudo bem eu estou apaixonada com essa linda boneca tilda ela é um encanto Estou começando a aprender agora amo os detalhes que ela tem, mas estou com duvida sobre o tecido usado para o corpinho dela se compra o tecido ja nas cores especificas de pele ou passa por algum processo de tingimento pode me ajudar por favor obrigado

    ResponderExcluir
  10. Thank you sooooo much, Beatriz *♥*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  11. Estou amando seu blog.Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.Vou começar a fazer Tildas.Fica com Deus.BJULU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!! Sempre que precisar só entrar em contato!

      Excluir
  12. Oi Beatriz...
    Concordo com você totalmente...
    As Tildas, são especiais, invendáveis, muitas vezes, pois as pessoas não imaginam o trabalhão que dá para fazer.
    Realmente, vemos pela net, tildas que chegam ser assustadoras...
    Podemos sim alterar os tecidos, aliás penso que devemos, porém devemos saber combinar.
    E sem tirar a caracterísca original da boneca, criando bocas ou olhos esbugalhados.
    Adorei o post.
    E as suas tildas ficaram lindas!!!
    BeijoThais

    ResponderExcluir
  13. simplesmente encantadoras!!! parabens

    ResponderExcluir